segunda-feira, 12 de abril de 2010

Mito

O que é mito.
O mito é uma narrativa explicativa sobre a natureza e origem das coisas. Narram e explicam a realidade  humana, a origem das coisas e de fenômenos naturais a partir da ação de forças sobrenaturais (divinas).


Mitologia grega.
O mito era  um dos pilares da cultura grega antiga e por diversos motivos relaciona-se ao desenvolvimento das ciências e saberes inaugurados pelos helênicos.
As histórias dos mitos gregos eram criadas pelos aedos (sujeitos que acreditava-se serem escolhidos pelos deuses para contar como foram criado as coisas no passado priordial) e disseminados pelos rapsodos (poetas e cantores andarilhos que espalhavam as histórias dos aedos por toda Grécia).


Funções do mito.
Podemos apontar como funções do mito:

  • Fazer compreender e explicar: O mito é uma compreensão intuitiva da realidade com base na sensibilidade e emotividade, através dele os gregos entendiam e explicavam o mundo que os cercava.
  • Tranqüilizar: O mito tranquiliza o ser humano diante do desconhecido e desconfortável. Possibilitando os homens viverem em um mundo ameaçador.
  • Transmitir valores e criar modelos de comportamento e ação: O mito propaga valores, e constrói modelos de comportamento a serem desejados e seguidos (Pensar aqui nos valores transmitidos pelas histórias de Homero que serviam deliberadamente para educar o grego. Histórias que exaltavam a honra, a coragem e outras qualidades dos heróis da guerra de Troia.).
Mito e filosofia.

A Relação entre mito e filosofia é dúbia:
  • Por um lado e positiva, pois a filosofia é de certa forma uma continuidade do mito: A filosofia utiliza-se da base cultural do mito para se colocar, além de muitas vezes usar suas estruturas de argumentação.
  • Por outro lado e negativa, pois rompe com o mito: O pensamento filosófico ao contrário do mítico esta inevitavelmente ligado ao questionamento e a razão, é uma nova forma de se pensar e entender a realidade e as coisas.

Nenhum comentário: