sábado, 3 de dezembro de 2011

Trabalho de Filosofia sobre Heráclito. Instituto de Educação Carmela Dutra.

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Diminuição da Carga Horária de Filosofia no Estado do Rio de Janeiro

Para quem ainda não sabe venho aqui comunicar a novidade sobre o currículo de filosofia para o ensino médio nas Escolas da Rede Estadual para 2012. Recebemos um presente de natal deste governo. Fomos presenteados com a diminuição da carga horária da disciplina filosofia (e também de sociologia) nas escolas da rede. O que acarretará em problemas graves pra os professores que terão o tempo em sala diminuído (tempo que já era insatisfatório), mais turmas e diários para aumentar o trabalho e em muitos casos a multiplicação de colégios em que deveram atuar para cumprir sua carga horária (existem professores trabalhando em 4 colégios diferentes com o tempo todo fragmentado, imagina agora). A carga horária de 2 tempos no terceiro e segundo ano e 1 tempo no primeiro ano, foi alterada para 1 tempo no primeiro e segundo e 2 tempos apenas no terceiro. A notícia esta no diário oficial.

 Página 19 link abaixo:http://www.ioerj.com.br/portal/modules/conteudoonline/mostra_swf.php?ie=MTMzODc%3D

Não vai haver professor sobrando (sem turma ou colégio para trabalhar)? E os novos concursados, serão chamados?
As respostas pra estas perguntas com certeza são as piores possíveis.

domingo, 20 de novembro de 2011

Pedagogia do Oprimido como proposta de educação Crítica.

Relativismo Estético

O que entendemos como Belo depende da esfera cultural e também de nosso ponto de vista individual. 


segunda-feira, 7 de novembro de 2011

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Trabalho de recuperação das turmas de HFE

Assista o vídeo "Mudando o paradigma da educação" que encontra logo abaixo ainda nesta postagem, e fundamentado na matéria discutida em sala de aula, responda:

1) Utilizando  os conceitos de educação crítica e educação dogmática (termo que enquadra a formação domesticadora e o adestramento social) responder a seguinte questão: Que tipo de mudança é proposta por Ken Robinson na animação (uma mudança da educação dogmática rumo a uma educação crítica, ou uma mudança da educação crítica rumo a uma educação dogmática?)? Justifique.
2) Quando a animação aponta que a educação tradicional de hoje enxerga a escola como fábrica (a partir do 6:45 minutos do vídeo), ele está associando o modelo de educação tradicional a que tipo de formação (educação crítica ou educação dogmática)? Que críticas a este tipo de formação é apresentada pela animação?
3) Tendo em mente a educação dogmática criticada pela animação, responda. A escola tradicional fundamentada em uma lógica de homogenização, normatização, padronização ajuda ou atrapalha o desenvolvimento da capacidade criativa dos estudantes? Porque?

Versão dublada

Versão legendada

terça-feira, 18 de outubro de 2011

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Recomendação de Programa o Tema Conhecimento humano

Para quem têm assinatura de TV a cabo ou outra fonte para assistir programas do canal National Geographic, recomendo o programa "Teste Seu cérebro". Nele através de uma linguagem bem dinâmica a vulnerabilidade de nossos sentidos é apresentados e explicados de maneira científica e interessante. Muita discussão sobre ilusão de ótica, engano de percepção e as falhas de nossas capacidades cognitivas.
O programa passa as 21 horas de domingo, um programa muito mais fantástico do que o convencional fantástico da Rede Glob ode Televisão. Abaixo o site do programa.


http://www.natgeo.com.br/br/especiais/teste-o-seu-cerebro/fotos/#http://cdn-flac.ficfiles.com/sites/natgeo-br/files/img/galleries/1919/test-your-brain-00016-512x288.jpg?ver=fdbf0573-6c5e-4356-8bae-85e6e13b

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Quem tem medo da Filosofia?

por: Diego Felipe de Souza Queiroz, Bacharel e licenciado em Filosofia pela UERJ e Docente da Rede Estadual de Educação do Rio de Janeiro.


Em uma edição recente, a revista Veja veio mais uma vez atacar a lei de obrigatoriedade de filosofia e sociologia nas escolas de ensino médio. A revista que em edição anterior[1] já tinha deferido um ataque a mesma lei, mais uma vez traz em suas páginas um texto neste sentido. O ataque vem por meio de um texto pequeno e rasteiro, inserido junto a uma série de artigos sobre os “absurdos” da justiça[2]. O tamanho do texto e sua simplicidade não o torna menos perigoso. Já que o mesmo se enquadra no tipo de texto destinado a transmitir opiniões de maneira rápida e fluida, objetivando ganhar a adesão do leitor justamente por se tratar de um material leve e de fácil entendimento.
Contaminado por esta pretensão de escrever um texto fluido e de fácil entendimento (sem se perder na tendência publicitária opinativa típica do que vemos por aí na mídia empresarial brasileira) escrevo aqui uma resposta a revista veja.


Revista Veja n° 2236, Páginas 92 e 93



O que apresenta: Texto contra a lei de obrigatoriedade das disciplinas filosofia e sociologia no ensino médio. Fundamentado em uma visão tecnicista de sociedade que propõe que os brasileiros devem ser preparados para uma ação funcional na sociedade, sem muita preocupação com sua formação crítica que já na LDB[3] é apontada como necessária para que os sujeitos possam exercer plenamente sua cidadania.


O Absurdo: O texto utiliza-se de dados de avaliações internacionais que demonstram que a educação brasileira é ruim em relação às disciplinas de matemática e português, para atacar a necessidade do ensino das disciplinas filosofia e sociologia no ensino médio. Como o ensino destas disciplinas de humanas fosse de alguma forma atrapalhar o ensino de matemática e português nas escolas. Argumento falho, já que aprender sociologia e filosofia de forma nenhuma trás prejuízo ao estudo de português e matemática. Muito pelo contrário, são duas disciplinas que trabalham com a produção de textos e argumentação o que inevitavelmente vem a contribuir com a capacidade de escrever e ler dos estudantes. Em relação à matemática podemos imaginar o que diria Pitágoras, o filosofo que é conhecido como “pai” desta disciplina, ao redator desta matéria? Por fim, há uma raivosa acusação de que as disciplinas são plataformas de pregação ideológica de esquerda. Grande erro, pois pensar desta maneira é ir contra qualquer entendimento sério das disciplinas, que sempre foram consideradas fundamentais para a formação de indivíduos autônomos e críticos. Sujeitos questionadores capaz de se contrapor a qualquer doutrinamento seja ele de esquerda ou de direita.

O que a revista teme: Em um momento em que a discussão sobre a melhoria da educação no país torna-se cada vez mais forte, em que a luta dos trabalhadores da educação espalham-se por todo território nacional (alguns exemplos são as recentes greves da educação nos estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais, Ceará e também a greve nacional do Colégio Pedro Segundo). O modelo tecnicista de educação implantado por diferentes governos neoliberais no país e exaltado há décadas pela a elite nacional e seus veículos de pregação ideológica se fragiliza. E o poder constituído treme diante a possibilidade de qualquer mudança na área da educação, mesmo que ela seja de consciência. Afinal que sujeito autônomo, crítico e minimamente informado poderia levar a sério revistas como a Veja e suas matérias absurdas como esta de ataque raivoso contra a lei obrigatoriedade das disciplinas de filosofia e sociologia?


[1] Edição 2158
[2] Na mesma parte da revista temos um artigo intitulado “Palmadazinha nas crianças” que apresenta a visão da revista contra a lei número 7672 que proíbe castigo físico a crianças.
[3] Art. 35. O ensino médio, etapa final da educação básica, com duração mínima de três
anos, terá como finalidades:
I  - a consolidação e o aprofundamento dos conhecimentos adquiridos no ensino
fundamental, possibilitando o prosseguimento de estudos;
II  - a preparação básica para o trabalho e a cidadania do educando, para continuar
aprendendo, de modo a ser capaz de se adaptar com flexibilidade a novas condições de
ocupação ou aperfeiçoamento posteriores;
III - o aprimoramento do educando como pessoa humana, incluindo a formação ética e o
desenvolvimento da autonomia intelectual e do pensamento crítico;
 IV  - a compreensão dos fundamentos científico-tecnológicos dos processos produtivos,
relacionando a teoria com a prática, no ensino de cada disciplina.

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Vídeos de apoio de artistas a luta dos professores no Estado

Zezé Motta

Osmar Prado

Neusa Borges

Professores sem aumento e imprensa sem vergonha.

A verdade. Servidores do Estado do RJ não tiveram aumento. Mais uma vez a imprensa empresarial mente descaradamente.

quinta-feira, 21 de julho de 2011

terça-feira, 12 de julho de 2011

Acampamento dos Professores no Centro da Cidade. Venho nos ajudar na luta da educação!

Nos professores em luta estamos acampados na frente da secretaria de Educação que fica na Rua da ajuda em frente a estação de metro da Carioca. Todos que puderem ajudar a luta da Educação compareça no nosso acampamento para nos ajudar nos atos e fazermos o movimento crescer para que nossa voz ser escutada. 

quinta-feira, 7 de julho de 2011

terça-feira, 5 de julho de 2011

A Greve da educação Continua! Assembléia de 5 de julho de 20011.

A Greve continua!
Esta foi a deliberação da assembléia de hoje.


Para vencer a burocracia sindical.
Um fato interessante desta assembléia foi a manutenção do veto a transferência de fala durante a assembléia. Mais uma vez os professores conseguiram vetar esta prática burocrática terrível que vicia o processo de divisão de falas em pro de oradores oficiais de grupos e partidos políticos.
Que esta tendência anti burocrática continue no sindicato.

quinta-feira, 30 de junho de 2011

A Greve da Educação Continua. Veja o Calendário de lutas.


Calendário geral 
01/07/2011 Greve do estado: protesto “A Educação tem fome” – os profissionais de educação irão até o supermercado Mundial, na Rua do Riachuelo nº 192/194, Centro do Rio, às 10h, para comprar alimentos com o “Cartão Educação”. 
No sábado, dia 02/07, às 10h, -realizará uma PANFLETAGEM na Praça da Apresentação e em frente aos supermercados Mundial e Guanabara, próximos ao Cemitério de Irajá,   com panfletos para a população, faixas, cartazes, adesivos e diversos materiais de divulgação que dêem visibilidade para a greve e para a nossa campanha salarial. 
04/07/2011 Greve no estado: assembleias da categoria nos municípios e bairros da capital; vigília durante a realização da audiência no Tribunal de Justiça sobre o corte de ponto. 
05/07/2011 Greve no Estado: marcha até o Palácio Guanabara, com concentração no Largo do Machado, às 9h. Logo após a marcha, ocorrerá assembleia no Clube Hebraica (Rua das Laranjeiras, nº 346).



Precisamos vencer a burocracia sindical.

Fiquei bem feliz ao ver hoje na assembleia do SEPE o repúdio dos professores a prática burocrática de "passagem de falas". Ou seja aquela estratégia comum dos partidos de inscreverem 100 de seus militantes para garantir a fala dos seu melhores oradores, que tem como consequência a repetição das mesmas pessoas com o microfone na mão em todas assembleias realizadas.De de fato queremos trazer os professores pra assembléia do sindicato e pra luta, precisamos criar um espaço que ele possa se expressar sem ser esmagado por estratagemas burocráticos com a "passagem de falas". 



sábado, 25 de junho de 2011

quarta-feira, 22 de junho de 2011

A Greve Continua

Neste dia 20 de junho foi votado a continuação da greve da educação.
Abaixo o Vídeo da votação que mostra o resultado da assembléia lotada. A greve continua Cabral a culpa é sua!

domingo, 19 de junho de 2011

Jogo Filosofighters


Jogo de luta online produzido pela revista super interessante.Vale a pena dar uma olhada.

Para jogar online
http://super.abril.com.br/multimidia/filosofighters-631063.shtml

sexta-feira, 17 de junho de 2011

Viver e Mudar


Trabalho de Filosofia do Ensino noturno.

quinta-feira, 16 de junho de 2011

"O Dia que madureira Parou"

Esta quarta-feira dia 15 de junho. Professores do Instituto de Educação Carmela Dutra realizarão um ato em defesa da educação. O ato que tinha como "bandeiras" melhoria salarial e das condições de trabalho para os profissionais da educação foi abraçado pelos estudantes do colégio, e tomou o bairro de Madureira.





terça-feira, 14 de junho de 2011

Esclarecimentos aos professores sobre a legalidade e direito a Greve no Estado

Lei de Greve
http://www.planalto.gov.br/ccivil/leis/L7783.htm
Vídeo dos advogados do SEPE esclarecendo sobre corte de ponto e direito a greve. chega de intimidação!

“Na primeira noite eles se aproximam / roubam uma flor / do nosso jardim./ E não dizemos nada./ Na segunda noite, já não se escondem : / pisam as flores, / matam nosso cão, / e não dizemos nada./ Até que um dia / o mais frágil deles / entra sozinho em nossa casa, / rouba-nos a luz, e, / conhecendo o nosso medo / arranca-nos a voz da garganta./ E já não dizemos nada.”

quarta-feira, 8 de junho de 2011

Professores do RJ em Greve em defesa da Educação

Professores do Estado em Greve.

Nesta terça dia 7 de junho, em uma Assembléia que contou com a participação de mais de 2000 professores, os profissionais da rede Estadual de educação decidiram entrar em greve por tempo indeterminado. Na Assembléia que transcorreu em um ritmo bastante agitado, foram ouvidas falas de diversos professores e também discursos de outros setores da sociedade em apoio à luta dos profissionais da educação. Com destaque para os bombeiros, que estão em greve e compareceram a reunião docente para somar forças na luta contra o mau comum promovido pelo governo Cabral.

Além da solidariedade a luta dos bombeiros que através de suas ações desmostraram a todos os trabalhadores que sofrem com o Governo do Estado que  o Governador não é invunerável a críticas e que a população pode sim estar ao lado de nossa luta assim como estão da deles. A  pauta de reivindicações docente defende: Reajuste salarial de 26%; incorporação imediata da gratificação do Programa Nova Escola; e descongelamento do plano de cargos dos funcionários administrativos das escolas estaduais.



Só uma greve diferente e inteligente pode nos levar a vitória.

O estado atual em que nossa educação se encontra não é resultado puro e simples dos ataques dos  terríveis governos que se sucedem a anos no Estado do Rio de Janeiro. Muito se deve a ineficiência das ações e estratégias dos movimentos e organizações políticas dos trabalhadores que insistem em repetir pensamentos anacrônicos e equivocados que só levam a derrota dos trabalhadores frente aos ataques que sofrem.

Entrar em uma greve sem considerar que temos que mudar a maneira de agir e pensar é perca de tempo. Se basear em uma burocracia centralizadora e em fórmulas antiquadas de ação só irá desmoralizar ainda mais nossa categoria.

Temos de nos afastar da idéia de uma greve convencional, onde os professores grevistas vão para casa, ou muito de vez em quando se arrastam até pequenas passeatas no centro da cidade cheia de jargões políticos repetidos de cima de carro de som por militantes profissionais.

Temos de nos afastar também da idéia de que simples passeatas e pequenos anúncios em TVs e rádios vão fazer a população ficar a nosso lado. A mídia que se baseia no critério econômico para determinar sua posição está contra nós 24 horas do dia, e é um instrumento indispensável do Governo pois recebe rios de dinheiro do mesmo.

Vamos fazer uma greve inteligente, de ocupação. Nada de deixar a mídia e os professores conservadores formarem a opinião de nossos alunos e de seus pais. Vamos aos colégios para mostrar o nosso ponto de vista sobre a nossa luta que é justa e necessária.

Mas vale mobilizar um colégio inteiro para ações de greve diferenciadas dentro dos próprios colégios, do que insistir em posturas centralizadoras tais como exigir do grevista a não assinatura de ponto. Este tipo de ato é um tiro no próprio pé, já que somos uma categoria que necesita do salário do mês para sobreviver, muitos querem ajudar na luta mas não podem ver seu ponto cortado mesmo que seja por um mês que seja (filhos, contas, dívidas).

Paralelo as mobilizações maiores vamos fazer atividades de greve dentro dos colégios que trabalhamos, para ganhar apoio docente, estrudantil e da comunidade escolar. Por exemplo: Seções de filmes críticos ao governo do Estado são bem úteis nesse momento. E filmes assim temos aos montes, de filmes mais independentes até coisas como o Tropa de elite 2. Outra opção é atos descentralizados na frente dos colégios que estamos.

Lembrando parando uma fábrica de maneira simples, paramos de produzir lucro para o patrão.Já parando uma escola de maneira simples conseguimos é dar argumentos para a mídia e o governo falar mau de nossa categoria. Temos de transformar nossas escolas em "escolas de subversividade". utilizar nosso tempo nos colégios para desmascarar o Governador Cabral frente a sociedade.

Por fim, vamos utilizar os novos meios de comunicação como arma: blogs, sites, canais como o youtube. Pela internet podemos nos comunicar livremente, pelas emissoras privadas não!


Temos de transformar nossas escolas em "escolas de subversividade".

domingo, 5 de junho de 2011

Todo apooio aos bombeiros

Com estes termos o Governador do Rio classificou os bombeiros que tomaram o quartel central da corporação.
Nos questionamos porém, se é só vandalismo e irresponsabilidade, sim podemos dizer que arrombar os portões e furar os pneus dos carros foi vandalismo, porém o vandalismo aqui seria apenas a ferramenta com a qual o grupamento fez algo muito maior; a Tomada de seu Quartel, a quebra da hierarquia cega e sem questionamento.
Podemos considerar que por trás do movimento há uma manobra política de Garotinho e família, e sim Governador Cabral, isso é possível, visto a sede de recuperar o poder que este tem, porém senhor Governador nenhuma manobra política deste porte sobreviveria se as reinvidicações dos militares bombeiros não fossem consistentes, afinal quem em sã consciencia arriscaria ser preso ficar sem salário, tomar um tiro da polícia que seja, unicamente pra trazer de volta ao poder a imagem de Anthony (Clarissa) Garotinho ?
Honestamente creio ser muito pouco para os bombeiros amotinados estarem nesta situação só para reerguer esta figura (quem sabe mais prejuízo que lucro).  Concordaria com o governador Cabral neste caso; porém estamos no início do segundo mandato do atual governador, com crise na saúde, crise na educação e crise nos bombeiros. Os bombeiros conseguiram pela força levar sua causa a mídia , mas não estão nesta crise sozinhos, não foram os únicos que durante o governo Cabral tomaram bombas morais e salários imorais.
 Enquanto escolas recebem ares-condicionados alugados, pessoas ou melhor famílias estão sendo despejadas de suas residencias praticamente a força para obras olímpicas, o Maracanã está sendo posto a baixo em um gasto de dinheiro absurdo, o sistema de metrô do rio de janeiro (se é que podemos chamar isso de metrô) é uma tristeza, os moradores do bumba não tem nenhuma solução sobre suas vidas, hospitais estão em estado crítico.
Só para uma pequena degustação:
Mesmo com a ação da Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro, que conseguiu liminares para suspender as demolições, a pressão de agentes do poder público não cessou. Algumas casas foram marcadas com  spray de tinta e algumas famílias foram ameaçadas de não receber indenização alguma caso não acatassem logo a oferta do governo municipal. Ainda de acordo com a Justiça Global, as remoções estariam acontecendo em área reservada à habitação de interesse social (ZEIS) definida pelo Plano de Estruturação Urbana das Vargens
A SEEDUC anunciou o fechamento de 22 escolas que funcionam no horário noturno em prédios de unidades muncipais, na área da Tijuca. Desde a semana passada, a categoria tem enviado denúncias para o Sepe via email ou por telefone para denunciar a ameaça de fechamento e transferência de profissionais e professores para outras escolas. Segundo matéria publicada no Jornal Extra de 31 de maio, ao todo serão transferidas 175 turmas após o final das férias de julho. No total, são 250 escolas que o governo do estado compartilha com o município do Rio de Janeiro.
Como dito , uma pequena degustação, pois tais questões exigiriam muito mais texto desta postagem. 
Irônico vermos estes bombeiros presos em um país que até hoje mantém anistiado seus militares praticantes de crimes de guerra em nome de um estado livre do grande mal do comunismo.


Autor: Rodrigo Bertamé

quinta-feira, 2 de junho de 2011

Vídeos sobre "argumento dos sonhos".

O argumento do sonho é a postulação de que o acto de sonhar providencia evidência preliminar de que os sentidos através dos quais confiamos para distinguir realidade de ilusão não devem ser plenamente confiáveis, e como tal, qualquer estado que dependa dos sentidos devem ser, no mínimo, cuidadosamente examinados e testados com rigor para determinar se algo é de facto "real".
Enquanto as pessoas sonham, normalmente são se apercebem que o estão a fazer (se se apercebem, é chamado de sonho lúcido). Este facto levou filósofos a supor se não estaremos num estado de sonho constante em vez de numa realidade acordada. Em filosofia ocidental, esta questão foi referido por Platão, na sua obra Teeteto (158b-d), e também na Metafísica de Aristóteles. Tendo recebido um grande atenção por parte de René Descartes, na sua obra Meditationes de prima philosophia, o argumento do sonho tornou-se uma das hipóteses do cepticismo mais proeminentes.
Na filosofia oriental, este tipo de argumento é mais conhecido como Zhuangzi sonhou que era uma borboleta (莊周夢蝶 Zhuāngzhōu mèng dié): uma noite, Zhuangzi sonhou que era uma borboleta a voar alegremente. Depois de acordar, ele questionou se poderia determinar se era Zhuangzi que teria acabado de sonhar que era uma borboleta, ou se era uma borboleta que teria começado a sonhar que era Zhuangzi.
(http://pt.wikipedia.org/wiki/Argumento_do_sonho)

Abaixo alguns filmes e vídeos que trabalham com as questões apresentadas pelo "argumento dos sonhos".



Animação sobre Descartes

quarta-feira, 25 de maio de 2011

Vídeos Confronto dos Deuses

Aqui está o primeiro capítulo da série "Confronto dos Deuses" que fala sobre Zeus e o nascimento dos deus do olimpo. A série discute e fala de diversos Mitos gregos, vale a pena conferir.




quarta-feira, 18 de maio de 2011

Mais vídeos sobre aparência e Ilusão

Mais vídeos sobre ilusão de ótica para demonstrar como nossa capacidade cognitiva sensível é frágil.

Conte quantas vezes as pessoas de branco passam a bola uma para outras.

Reparou algo estranho no vídeo?

Conte os passes das pessoas de branco de novo.

E agora reparou mais alguma coisa estranha? Viu o macaco, e a mudança na cor da cortina. e no primeiro.

E neste

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Registro da última assembléia do SEPE


A assembléia.
Na quinta feira dia 5, aconteceu na sede da ABI (Associação Brasileira de imprensa) uma assembléia dos profissionais da educação. Dentre as muitas coisas deliberadas neste encontro foi aprovado o repúdio ao plano de metas do Estado (entendido como algo que vai servir para coagir e maximizar a exploração dos professores nas escolas), o boicote ao lançamento de notas virtual (que é mais uma burocracia problemática que confundi e aumenta o trabalho dos docentes) e estado de greve já (ou seja, desde já fica avisado aos governantes que se as coisas na educação não melhorarem as escolas vão parar).
Reflexão sobre a assembléia foi:

 A assembléia foi aberta com um ato indígena muito interessante. Que ao meu ver mostra que o sindicato tenta mesmo que frágilmente romper com o tradicionalismo e ortodoxia sindical.
 Apesar da abertura favorável, em quase todas as falas era notória a cultura política anacrônica e cristalizada a qual nosso sindicato esta prezo. Perdi a conta das vezes que professores que ocupam a direção do sindicato tentaram dividir os docentes entre vanguarda (aqueles que se aliam ao discurso da diretoria) e massas (aqueles que deveriam comprar tal discurso). Um fator bem interessante a ser apontado foi o aumento das falas críticas que partiram de grupos alternativos que ali ainda possuem mais poder. Acredito que uma nova leva de professores está modificando um pouco da "cara das assembléias" do SEPE, e isso é muito bom.

Na assembléia se decidiram posturas importantes e favoráveis aos docentes.
Tais como:
O repúdio ao plano de metas e boicote ao conexão educação. No entanto boicotar o sistema de lançamento de notas ainda é complicado (pois não contamos com suporte jurídico para nos defendermos de punições dos órgãos do governo diante tal boicote).

Em relação a greve, com certeza é uma decisão importante. Algo radicalizado tem realmente de ser feito. Contudo a greve poderá se mostrar um instrumento eficiente, se o sindicato conseguir mobilizar grande parte dos professores a pararem (se param poucos, o instrumento fica banalizado e se demonstra ineficiente), outra coisa importante é pensarmos a greve como greve de ocupação (ou seja, nada de professores entrando "em férias". Parando o trabalho de forma banal).
Para a greve dar certo é preciso que os grevistas tomem as ruas com atos, freqüentem as escolas para divulgar os objetivos da greve e da luta. se isso não acontecer mais uma vez a opinião pública (que é gerada pelo péssimos e parciais meios de comunicação que temos) vai jogar a população contra a greve e o tiro sairá pela culatra.

segunda-feira, 2 de maio de 2011

Paralisação e Passeata nesta quinta

Diante os diversos problemas na educação Estadual, tais como: salas superlotadas, falta de segurança nas escolas, problemas na infraestrutura dos colégios, péssima remuneração dos professores e funcionários, professores e funcionários. Os educadores vão parar e protestar nesta quinta-feira.


Fica aqui o chamado: Neste dia 5 paralisação e ato da educação as 10 horas na frente da alerj. Estudantes, professores e todos os que acompanham o drama da educação no Rio de Janeiro apareçam.

domingo, 1 de maio de 2011

Novo Jogo sobre Mitologia para Xbox 360

 360Mais um jogo que coloca o jogador como protagonista de momentos importantes da mitologia grega. Em Warriors Legends of Troy você controla heróis da Guerra de Troia. Guerra narrada pelo poeta Homero no livro Ilíada, um clássico da literatura mundial que fundamentou a cultura grega antiga no qual a filosofia se desenvolveu.

Bons gráficos e uma adaptação interessante da história de Homero fazem o jogo valer. Mais uma prova que vídeogame pode ser uma ferramenta para educar.

terça-feira, 19 de abril de 2011

sexta-feira, 4 de março de 2011

Filosofia, mito e jogos de vídeogame

Todos sabem que vídeogame são muito populares entre os jovens. Muito se fala sobre os pontos negativos deste tipo de aparelho de entreterimento. No entanto, se observarmos a questão de forma aberta e sem preconceito podemos perceber que os jogos de vídeogame podem contribuir positivamente com a formação dos estudantes. Atualmente governos e instituições se dedicam a criar jogos educacionais para aproximar o conhecimento ciêntifico do cotidiano dos estudantes(em história, temos um projeto de jogo sobre a cabanagemem, em física e matemática diversos jogos em flash pela internet). No que toca a disciplina Filosofia vemos em muitas oportunidades a utilização dos mitos gregos para construção dos jogos.

Abaixo alguns exemplos destes jogos.

God of War
Neste conhecido game o jogador controla um personagem inventado exclusivamente para o jogo, no entanto, o game é ambientalizado na grécia mitológica e conta com muitos personagens oriundos da mitologia grega. Em alguns pontos da história do game podemos ver através de elaboradas animações computadorizada versões para trechos da mitologia (como por exemplo a história de Zeus e o tormento de prometeu).



Age of mythology
Neste jogo de estratégia o jogador controla um personagem inventado pelos criadores do jogo. O enrredo do jogo estárelacionado a guerra de Troia e em muitos momentos podemos ver personagens e fragmentos narrativos da mitologia grega.

Alguns vídeos sobre o mito da caverna






quinta-feira, 3 de março de 2011

Escher e a Filosofia.

As obras do artista gráfico holandês Maurits Cornelis Escher discute em forma de imagem nossas capacidades cognitivas. Em suas produções vemos diversos tipos de ilusões visuais e um universo psicodélico que nos faz refletir sobre nossa percepção do mundo e realidade.
Vale a pena conferir:
Exposição O Mundo Mágico de Escher de 18 de janeiro a 27 de março no CCBB
A exposição reúne cerca de 92 obras do artista holandês Mauritius Cornelis Escher, incluindo as mais conhecidas – entre gravuras originais e desenhos | De 18 de janeiro a 27 de março
A mostra O Mundo Mágico de Escher reune cerca de 92 obras, entre gravuras originais e desenhos, incluindo todos os trabalhos mais conhecidos do artista. 
Endereço do CCBB é rua 1º de Março, 66/ Centro 


Algumas obras de Escher





Mais sobre Escher: http://www.mcescher.com/

Conhecimento e ilusões de ótica

Estou postando aqui uma coletânea de imagens de ilusões de ótica que servem para mostrar como nossos olhos e capacidade cognitiva são vulneráveis.

Todas as figuras são estáticas a ilusão consiste em velas em movimento.






Pegadinhas visuais.
As linhas que partem de cima para baixo são paralelas?

Concentre-se no ponto e balance a cabeça para frente e para trás.

Onde está o ponto preto?


Desenhos 3d

Pinturas 3D

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Inteligência animal

Alguns vídeos para se pensar a inteligência animal:



quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

A Guerra do Fogo



A Guerra do Fogo conta a saga de uma tribo e seu lí­der, Naoh, que tenta recuperar o precioso fogo recém-descoberto e já roubado. Através dos pântanos e da neve, Naoh encontra três outras tribos, cada uma em um estágio diferente de evolução, caminhando para a atual civilização em que vivemos. Os sons e a linguagem embrionária do filme são criações do escritor Anthony Burgess, o mesmo de Laranja Mecânica. Mistura de ficção cientí­fica e aventura, o filme é uma perfeita reconstituição da pré-história, tendo como eixo a descoberta do fogo. Fantástico e visionário, o filme é uma aula de história e cinema.

Para baixar
Parte 1
Parte 2

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

O Enigma de KASPAR HAUSER



O Enigma de Kaspar Hauser é uma das obras-primas do cineasta alemão Werner Herzog (Fitzcarraldo). Nesta edição, o filme é apresentado em versão restaurada e remasterizada no formato widescreen anamórfico. Baseando-se em registros históricos, Herzog nos conta o estranho caso de Kaspar Hauser, um jovem encontrado perdido numa praça em 1828, não falava e não conseguia ficar em pé. Passara a vida inteira trancado num porão. Seria possível civilizá-lo? Vencedor da Grande Prêmio do Júri em Cannes, O Enigma de Kaspar Hauser é um filme indispensável para educadores, psicólogos e admiradores do bom cinema.

Link para o filme completo:
http://www.youtube.com/watch?v=jOvnGmT4IhA&feature=BF&list=PLDBAED48FAE7389EB&index=1

Crianças Selvagens

O presente documentário traz uma abordagem de casos de seres humanos que cresceram longe de qualquer convívio com algum ser humano. Absolutamente isoladas sem condições de aprender a realizar tarefas básicas de seres humanos. Muitas até mesmo criadas com e por animais, de modo que crescem e quando são encontradas apresentam comportamentos que se assemelham aos animais com que viveram dentre outros distúrbios graves,e a certeza de que elas serão para sempre incomunicáveis.







terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Grande Encontro de Filosofia no RJ

De 16 a 22 de janeiro de 2011 acontecerá no Estado do Rio de Janeiro o XXVII ENEFIL (encontro nacional dos estudantes de filosofia). O evento realizado na UFF terá como tema "A Filosofia e sua possibilidade de atuação prática" e contará com palestras de professores, apresentações de trabalhos e diversos eventos culturais..

Mais informações :
http://enefilrio2011.blogspot.com/
ou pelo email: enefilrio2011@gmail.com