domingo, 31 de março de 2019

Ditadura militar brasileiro em 3 vídeos. Repúdio sim, comemoração não.

Estamos postando aqui 3 vídeos sobre a ditadura militar brasileira iniciada por um golpe em 64. A ideia é trazer um debate histórico e realista para além dos devaneios anticientíficos dos conspiracionistas e autoridades de má fé que visam louvar um período tão triste e miserável de nossa história marcado por tortura, sequestros, censura e assassinatos institucionalizados.
(vídeos aconselhados para maiores de 16 anos).



sexta-feira, 29 de março de 2019

Mitologia: Alguns vídeos de "histórias" mitológicas para introduzir o tema.

Divulgando aqui alguns vídeos interessantes sobre Mitologia. É só dar play para conhecer mais um pouco de algumas narrativas míticas selecionadas como uma introdução ao tema.
Buscamos apontar vídeos que exemplifiquem o Mito "como uma forma de intuitiva entender a realidade, como narrativas sobrenaturais sobre a origem e natureza das coisas".











terça-feira, 19 de março de 2019

O fim dos consoles? "Stadia" o "Netflix" de games da google.

A google acabou de anunciar o seu "Netflix", o seu serviço de games por streaming chamado "Stadia". Plataforma que permitira que jogos de ultima geração sejam rodados em computadores caseiros e outros tipo de dispositivo por meio de emulação em nuvem. Uma tecnologia que provavelmente vai mudar toda indústria de games. Hoje para jogar os jogos de ultimas gerações as pessoas precisam possuir um pc poderoso ou um console de ponta, que são bem caros.
Tudo isso esta para mudar com o desenvolvimento do game por streaming uma tendência que avança também na Microsoft.
O serviço chegara ao USA e Europa em 2019/2020, será necessário ter banda larga de pelo menos 25 mb em alta resolução. O preço das assinaturas ainda não foi divulgado.

Será que a ideia vai realmente pegar? Até quanto estamos nos tornando reféns do processamento de computadores de grande empresas? Só o tempo dirá.

Para saber mais:
https://www.theenemy.com.br/tech/stadia-google-anuncia-sua-nova-plataforma-de-games 

https://www.youtube.com/watch?v=Mr2OOB6-7mo

segunda-feira, 18 de março de 2019

Momo, Baleia Azul e outros Hoax. As mentiras que podem se tornar perigo real.

O que existe em comum entre o atual viral dos perigos da Momo, o antigo boato do desafio da Baleia Azul e aquelas mensagens sobre o kit gay que foram distribuídos nas escolas? Todos são Hoax. Ou seja mensagens alarmistas com conteúdo falso distribuídos de diversas maneiras pela internet. Seja por e-mails, comunicadores instantâneos como o WhatsApp, sites ou pelas redes sociais tal como o Facebook. Existem muitas motivos por trás deste tipo de "campanha de desinformação": brincadeira, golpes e até manipulação política.

Em uma sociedade dominada pelos meios digitais, as pessoas ainda possuem muita dificuldade para lidar com a informação. Dificilmente existe a preocupação em buscar as fontes e problematizar as histórias que são difundidas na rede. O resultado muitas vezes é o pânico generalizado que sempre é um risco.

Para piorar os Hoax que viralizam acabam desencadeando um efeito para sua legitimação. Devido aos números de citações na rede os materiais relacionados aos boatos cada vez ficam mais disponíveis na internet, e muitas vezes o que não passava de relatos fictício começam a representar algum risco real. O caso do viral do desafio da baleia azul começou como uma história falsa viralizada, e por conta da escala de divulgação do boato veio a motivar pessoas a brincadeiras perigosas inspiradas na história.  Com o novo boato da Momo parece estar acontecendo fenômeno parecido. Um boato sobre "invasão" de hackers em vídeos do youtuber kids (o que é tecnicamente improvável) começa a render muito material produzido para render o boato, incluindo brincadeiras de vídeos editados postados nas redes sociais e canais na plataforma de vídeo.

Tenha controle do que as crianças acessam nas redes sociais, isso sempre é importante. Mas cuidado para não fazer coro a hoax. Sempre pesquise sobre as histórias que aparecem nas redes sociais, sempre questione!

sexta-feira, 15 de março de 2019

A Mitologia grega vai invadir a Netflix.

A Netflix esta para enfrentar uma grande guerra comercial dentro do mercado de streaming por conta dos investimentos pesados na área feito pela gigante comercial Amazon e a chegada do serviço de streaming da Disney. Para entrar nesta guerra a Netflix esta trazendo para suas "fileiras" diversas produções baseadas na mitologia grega.

imagem promocional de “Gods & Heroes".
Recentemente foi anunciado que a empresa está desenvolvendo um anime inspirado na mitologia helênica chamado “Gods & Heroes". A animação será produzida pela mesmo estúdio que realizou a série Castlevania, muito elogiada por fãs . 
Outras produções baseadas na mitologia já estão sendo aguardadas faz algum tempo, destacando-se
a releitura do Anime "Cavaleiro dos zodíacos" que foi febre nos anos 90 em nosso país e a série de Dark Comedy intitulada Kaos que será baseada na obra do escritor  Charlie Covell.

Imagem promocional da nova série dos Cavaleiros dos Zodíacos.
 Vale lembrar que o serviço de streaming já oferece algumas produções que se relacionam a mitologia, tais como o filme "Imortais" que faz uma releitura do mito de Teseu e uma série chamada "Troia: a queda de uma cidade" inspirada na celebre epopeia de Homero. Sem contar a versão 3d da animação dos cavaleiros



quarta-feira, 13 de março de 2019

Suzano. A culpa não é dos Games!

A culpa do atentando em Suzano ocorrido neste dia 13 de março é culpa dos games. O discurso conservador que se volta a demonizar a indústria de entretenimento pela ação criminosa de dois jovens atiradores aponta para uma estratégia retórica de desvio de foco. É sabido por
diversos estudos que jogos eletrônicos não são responsáveis diretos por estimular crimes e desvirtuar a juventude, quem tenta culpabilizar os games por atentados como o deste dia 13 fazem de má fé.

Não podemos nos deixar enganar por esta cortina de fumaça. Os assassinos da escola em SP faziam parte de grupos de ódio que se organizam clandestinamente pela internet. Inclusive planejaram a execução do crime com ajuda destes fóruns, tal como o atirador do colégio no Bairro de Realengo no RJ. Os "atiradores" foram identificados nas redes sociais como entusiastas do nazismo e da figura belicista do presidente Bolsonaro. Todos elementos apontam para um atentado ideológico de extrema direita, motivado por uma visão misógina de sociedade. Não é hora de fazer todo este esforço para criminalizar games, mas sim de discutir a cultura do ódio e do preconceito que encontra apoiadores até dentro dos governos e autoridades.

Alguns links interessantes: 
Somos violentos por causa dos jogos ou os jogos sao violentos por causa de nos? 

 Ainda sobre games e violência?

 Incel e massacres em escolas.

 Estudo de 10 anos de duracao comprova videogames não provocam violência.

Games violentos não estimulam comportamentos violentos aponta estudo.


O que as redes sociais dizem sobre um dos atiradores de suzano.


Atiradores de suzano cultuavam nazismo e pena de morte



Ainda para refletir sobre a "origem da filosofia".


No vídeo apresentamos a temática da filosofia africana de forma introdutória e sua problematizando da concepção tradicional apresentada pela história da filosofia que defende que a "disciplina" teria nascido na Grécia antiga.