quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

A velha mídia contra a luta dos Estudante em SP. Mas você também pode ajudar esta garota esta luta.

Neste conflito entre estudantes e governos em SP novamente existe uma guerra de informações.Um conflito que para além de refletir interesses políticos sociais, também refletem a disputa entre dois paradigmas de comunicação. De um lado a velha mídia empresarial tenta blindar o governo e jogar a população contra os estudantes,de outro um enxame de mídias descentralizadas pela internet expressam o ponto de vista daqueles que lutam contra o fechamento de suas escolas. Para que os estudantes tenham algum exito neste embate todos precisam se engajar de alguma forma. Cada perfil nas redes socais, cada página, cada postagem e compartilhamento é importante para fazer frente as velhas maquinas de alienação que chegam na maioria dos lares deste país. Pode parecer pouco, mas replicando, compartilhando e repassando emails você está contribuindo no fortalecimento destes guerreiros.
Para entender esta batalha ente governo e estudantes:http://www.buzzfeed.com/florapaul/ocupacao-das-escolas…
Para informações atualizadas sobre o tema:
https://www.facebook.com/canalsecundarista/?fref=photo

domingo, 15 de novembro de 2015

Trabalho 1° ano, Filosofia, Carmela Dutra, 4° Bimestre, 2015




Mini resumo do Mito da caverna
Imaginemos uma caverna subterrânea onde, desde a infância, geração após geração, seres humanos estão aprisionados. Suas pernas e seus pescoços estão algemados de tal modo que são forçados a permanecer sempre no mesmo lugar e a olhar apenas a frente, não podendo girar a cabaça nem para trás nem para os lados. A entrada da caverna permite que alguma luz exterior ali penetre, de modo que se possa, na semi-obscuridade, enxergar o que se passa no interior.
A luz que ali entra provém de uma imensa a alta fogueira externa. Entre ele e os prisioneiros - no exterior, portanto - há um caminho ascendente ao longo do qual foi erguida uma mureta, como se fosse a parte fronteira de um palco de marionetes. Ao longo dessa mureta-palco, homens transportam estatuetas de todo tipo, com figuras de seres humanos, animais e todas as coisas.
Por causa da luz da fogueira e da posição ocupada por ela os prisioneiros enxergam na parede no fundo da caverna as sombras das estatuetas transportadas, mas sem poderem ver as próprias estatuetas, nem os homens que as transportam.
Como jamais viram outra coisa, os prisioneiros imaginavam que as sombras vistas são as próprias coisas. Ou seja, não podem saber que são sombras, nem podem saber que são imagens (estatuetas de coisas), nem que há outros seres humanos reais fora da caverna. Também não podem saber que enxergam porque há a fogueira e a luz no exterior e imaginam que toda a luminosidade possível é a que reina na caverna.
Que aconteceria, indaga Platão, se alguém libertasse os prisioneiros? Que faria um prisioneiro libertado? Em primeiro lugar, olharia toda a caverna, veria os outros seres humanos, a mureta, as estatuetas e a fogueira. Embora dolorido pelos anos de imobilidade, começaria a caminhar, dirigindo-se à entrada da caverna e, deparando com o caminho ascendente, nele adentraria.
Num primeiro momento ficaria completamente cego, pois a fogueira na verdade é a luz do sol e ele ficaria inteiramente ofuscado por ela. Depois, acostumando-se com a claridade, veria os homens que transportam as estatuetas e, prosseguindo no caminho, enxergaria as próprias coisas, descobrindo que, durante toda a sua vida, não vira senão sombra de imagens (as sombras das estatuetas projetadas no fundo da caverna) e que somente agora está contemplando a própria realidade.
Libertado e conhecedor do mundo, o prisioneiro regressaria à caverna, ficaria desnorteado pela escuridão, contaria aos outros o que viu e tentaria libertá-los.
Que lhe aconteceria nesse retorno? Os demais prisioneiros zombariam dele, não acreditariam em suas palavras e, se não conseguissem silenciá-lo com suas caçoadas, tentariam fazê-lo espancando-o e, se mesmo assim, ele teimasse em afirmar o que viu e os convidasse a sair da caverna, certamente acabariam por matá-lo. Mas, quem sabe alguns poderiam ouvi-lo e, contra a vontade dos demais, também decidissem sair da caverna rumo à realidade.
Baseado na duas animações descritivas sobre o mito da caverna e no texto resumo apresentado acima responda:
1) Como o mito descreve a relação Aparência e Verdade?
2) O que representa a caverna, as sombras na parede, o mundo fora da caverna e o prisioneiro que se liberta? 

3) Ainda sobre o mito da caverna, qual a relação feita na figura colocada ao lado entre o mito e os meios de comunicação de massas (Globo, Veja, Jornal Nacional)? 

4) Qual a similaridade entre o trabalho da mãe de Sócrates com sua postura como filósofo? 
5) O que o vídeo fala sobre a morte de Sócrates?

Obs: trabalho individual ou em grupo de até 4 pessoas, folha de almaço ou digitado.

Trabalho de recuperação do 3° bimestre, turmas 1° ano, Filosofia, Carmela Dutra 2015

Responda as questões colocadas abaixo sobre o pensamento dos filósofos pré-socráticos:


1) O que discute o vídeo apresentado acima?
2) O debate apresentado pelo vídeo esta relacionado ao pensamento de que filósofo, porque?

Metamorfose ambulante
Eu quero dizer
Agora o oposto do que eu disse antes
Eu prefiro ser
Essa metamorfose ambulante
Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo
Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo
Sobre o que é o amor
Sobre o que eu nem sei quem sou
Se hoje eu sou estrela
Amanhã já se apagou
Se hoje eu te odeio
Amanhã lhe tenho amor
Lhe tenho amor
Lhe tenho horror
Lhe faço amor
Eu sou um ator
É chato chegar
A um objetivo num instante
Eu quero viver
Nessa metamorfose ambulante
(Raul Seixas)

Como uma onda no mar
Nada do que foi será
De novo do jeito que já foi
um dia
Tudo passa, tudo sempre
passará
A vida vem em ondas,
como um mar
Num indo e vindo
infinito

Tudo que se vê não é
Igual ao que a gente viu a
um segundo
tudo muda o tempo todo no
mundo
(Lulu Santos)

3) De que falam as músicas apresentadas acima?
4) Podemos associar as músicas apresentadas acima ao pensamento de que autor?

5) Do que fala a imagem apresentada acima?
6) O debate sobre o tema colocado pela figura pode ser relacionado a que pensador da Grécia antiga? Porque?

obs: trabalhos digitados ou em folha de almaço, individual. 

domingo, 8 de novembro de 2015

Trabalho de 4° Bimestre, HFE, Segundo ano, 2015

Baseado no que foi visto em sala de aula e nos conceitos pesquisado no trabalho anterior, responda:
1) Sobre a passagem da era medieval para a era moderna responda:
a) O que muda em relação as classes sociais e ao sistema de trabalho com o advento da idade moderna?
b) O que muda em relação ao conhecimento e ao poder religioso com o advento da modernidade?
c) O que significa a passagem do teocentrismo para o antropocentismo?
d) Qual foi o papel da revolução científica para a modernidade?

2) Realize um pesquisa para levantar as seguintes informações:

a) Dados sobre o currículo (grade curricular do ensino médio), mensalidade e localização (bairros e sedes onde encontra-se o colégio) de pelo menos 3 dos colégios privados listados abaixo.
São Bento
Santo Agostinho
Colégio Santo Inácio
Instituto Gaylussac
Escola Parque

b) Dados sobre o currículo (grade curricular do ensino médio), forma de ingresso e localização (bairros e sedes onde encontra-se o colégio) dos colégios públicos listados abaixo.Colégio Pedro II
Colégio de Aplicação UFRJ
Colégio de Aplicação UERJ

c) Dados sobre os currículos (grade curricular do ensino médio) da educação Estadual. 
(do ensino normal, ensino Regular e EJA)

3) Baseado na pesquisa proposta na segunda questão escrever um texto de pelo menos 10 linhas relacionando o tema dualismo escolar a diferente realidade de ensino na cidade do Rio de Janeiro.




Trabalho de Recuperação 3° Bimestre, HFE, 2°ano, 2015

1) Baseado no que foi estudado em aula e na figura representada ao lado responda:
a) O conhecimento "formal" e "sistematizado" na idade era acessível a todos? Quem tinha acesso a este conhecimento e quem era excluído dele? Porque o acesso ao conhecimento era inviabilizado a alguns?







Acesse os seguintes links:
Tortura na idade medieval
http://revistagalileu.globo.com/Sociedade/noticia/2014/10/10-tecnicas-de-tortura-mais-assustadoras-da-idade-media.html
Giordano Bruno e a Fogueira
http://www.dw.com/pt/1600-giordano-bruno-queimado/a-298903
Perseguição aos gatos na idade média
http://super.abril.com.br/ciencia/banir-gatos
2) Escreva um texto de pelo menos 7 linhas discutindo a seguinte questão: Quais foram os resultados da mistura de religião e política na idade média? Não deixe de relacionar sua resposta aos 3 links apresentados acima.

segunda-feira, 2 de novembro de 2015

Pesquisa sobre as condições de trabalho dos professores da rede estadual de Filosofia e Sociologia do Rio de Janeiro

Professores de Filosofia e Sociologia do Estado do Rio de Janeiro participem da pesquisa sobre as nossas condições de trabalho e qualidade de ensino na rede pública estadual, ela vai servir para fundamentarmos o documento de denúncia que vamos redigir para enviar as organizações e instituições que defendem os direitos do trabalhadores dentro e fora do Brasil.


"NENHUMA DISCIPLINA COM MENOS DE 2 TEMPOS SEMANAIS"


Acessem o link: https://docs.google.com/forms/d/1-d_FUBiOVk18eSgYoG3Ur0yE7CReZCgSrnC0N7Q6fSo/viewform?c=0&w=1

quinta-feira, 15 de outubro de 2015

Personagens históricos da revolução industrial em novo game.


Personagens históricos da revolução industrial em novo game. Dentre eles o filosofo alemão Karl Marx e o naturalista Charles Darwin . Só pela ambientação vale a pena conferir.

sábado, 10 de outubro de 2015

domingo, 4 de outubro de 2015

Polícia no nono andar, telefones grampeados, professores e entidades estudantis criminalizados.


O ADEP vem por meio desta nota tornar pública e politizar a discussão em torno da criminalização e perseguição política que ocorrem hoje na UERJ. 

Achamos necessário que isso seja denunciado agora em meio ao processo eleitoral para a reitoria, pois a chapa 'Avança UERJ', sendo a representação da continuação da atual gestão, acredita poder nos calar por meio do medo e da ameaça e deve responder publicamente pelas ações políticas que defende dentro da Universidade.

Não fazemos isso, entretanto, tendo em vista o processo eleitoral, pois sabemos que a criminalização agora levada a cabo tem raízes muito mais profundas em uma política de Estado que ultrapassa os muros desta Universidade. Fazemos isso porque diz respeito aos que se preocupam com o que a UERJ pode e deve significar neste contexto maior, porque se trata de uma discussão sobre os limites da democracia atual, e porque acreditamos que a injustiça que se faz a alguns é realmente a ameaça que se faz a todos.

Recentemente durante um violento desalojo na favela do metro-mangueira, um grupo de estudantes em ato foi apoiar a resistência dos moradores, que eram arrancados de suas casas com tudo dentro em meio às bombas de gás e sprays de pimenta exatamente na hora que as crianças chegavam da escola. Por conta do apoio e a repercussão do ato na UERJ foi concedida uma liminar que impossibilitou a continuação até agora da remoção de algumas casas. No dia seguinte ao ocorrido, entretanto, tentou-se fazer parecer que a UERJ havia sido invadida por criminosos, que por isso algumas vidraças muito mais valiosas que a vida humana haviam sido quebradas, e a reitoria lançou uma nota ameaçando de perseguição e criminalização supostos “membros indignos” que teriam trazidos “pessoas estranhas” para dentro da UERJ.

Neste momento, inúmeros professores e funcionários do nono andar (andar da FIlosofia, História e Ciências Sociais) da UERJ estão sendo intimados para depôr. A presença policial é constante em nossas atividades, aulas e reuniões. O Centro Acadêmico de Filosofia está sob investigação supostamente por conta do consumo de maconha por estudantes no nono andar. Sabemos que uma série de falsas denúncias foram feitas por professores desta própria Universidade por supostas ligações com o tráfico de drogas. Nossas mobilizações seguem assim rastreadas por grampos, nossos espaços são monitorados, nossas atividades são perpassadas pelo terrorismo de Estado. Enquanto isso, as funcionárias e funcionários terceirizados continuam com seus pagamentos cortados, o processo de precarização da educação é agravado e o apartheid social cresce na cidade como um todo. Mas de onde mesmo poderiam sair, como em outro momento já saíram, fortes e interessantes mobilizações, apoios e resistências? Bom, melhor então que estejam monitorados e acuados. Daí aparece alguém para dizer que o problema no nono andar é o cheiro de maconha.

Mas o problema nunca foi nem nunca será o consumo de maconha nos centros acadêmicos, tal como não é um problema para o Estado a droga que se consome na zona sul e demais ambientes elitizados. O problema é o nono andar da UERJ não ser mais um ambiente tão elitizado como se gostaria, o problema é a favela começar a adentrar este espaço, o problema é a auto-organização estudantil, o problema é o que o CAFIL significa hoje na política universitária, as mobilizações, reuniões, assembleias quase diárias de inúmeros coletivos presentes em um ambiente político estudantil saudável como vem sendo (e lutaremos para que continue) o nono andar da UERJ. Tal como o problema nas favelas não é nem nunca foi o tráfico de drogas, mas a criminalizaçao e controle do povo pobre, sendo o tráfico a desculpa perfeita para militarização da favela, nada mais tentador ao Estado do que repetir a fórmula de sucesso no contexto universitário e travestir agora de guerra às drogas o intervenção policial na organização política do nono andar.

Deste ponto de vista, com profissionais se sentindo ameaçados e sem nenhuma resposta política clara de repúdio à política policial estabelecida dentro da Universidade em pleno processo eleitoral para a reitoria, não seria estranho se um falso flagrante fosse implantado em uma das salas do nono andar, forjando assim a materialidade que o Estado precisa para controlar ainda mais o espaço. A História mostra inúmeras situações como esta acontecendo.

De posse desta informação, nós podemos nos antecipar. Conclamamos a comunidade acadêmica a se posicionar claramente sobre o que vem ocorrendo na UERJ. Não é normal a intimação em massa de professores, não é normal quando professores vão fazer falsas denúncias sobre uma professora politicamente ativa, não é aceitável termos nossos telefones grampeados e policiais infiltrados em nossas aulas. Se você aceita pacatamente o intolerável, está contribuindo para que esta situação se agrave.

Mas esta nota é também para dizer que o ADEP não se intimida, que entendemos perfeitamente o sentindo político da perseguição agora em curso e que estamos preparados para resistir a ela.

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Trabalho de Filosofia, primeiro ano, 3° bimestre, 2015 (colégio Carmela Dutra e Colégio Adlai Stevenson).


Depois de assistir o vídeo responda as questões:

1) Qual a relação de Pitágoras com os números? (responder em um texto de mínimo 5 linhas)
2) Como os números e a matemática se relaciona com a música? (responder em um texto de mínimo 7 linhas)
3) Como os números e a matemática se relaciona com a beleza (da arquitetura, das pinturas)? (responder em um texto de mínimo 7 linhas)

obs: Trabalho digitado

quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Trabalho 1° ano, 3° Bimestre, Filosofia, Carmela Dutra, 2015.

Pesquisar sobre o Filósofo Tales de Mileto e assistir (mesmo que parcialmente) um dos filmes propostos: 1) Flow: por amor a água, ou 2) Ouro zul.

Montar uma trabalho em cartolina, apresentando as seguintes questões:

1) Resumo da biografia de Tales de Mileto.
2) Resumo do pensamento deste filósofo no que diz respeito ao seu entendimento de Arché.
3) Resumir em poucas linhas as ideias apresentadas por um dos filmes propostos.


Obs: O trabalho deve conter imagens, e também uma bibliografia de 3 fontes de pesquisas.

Flow - Por Amor a Água 

Ouro Azul

Trabalho HFE, Carmela Dutra, 2° ano, 3° bimestre, 2015

1) Como o filme retrata a relação entre a sociedade e o conhecimento na Idade Média? (Ele é acessível a todos, ele é tido como perigoso, quem deve possuí lo)
2) Como se dá o conflito entre misticismo e razão na trama do filme?
3) Porque podemos apontar que o personagem Willian Baskerville representa a razão?
4) Porque os poderosos religiosos do mosteiro escondiam um livro inédito de Aristóteles na biblioteca que era restrita a poucos?
Links para o filme:
Assistir Online
http://megafilmeshd.net/o-nome-da-rosa/
Download em AVI
http://downloadfilmesgratis.org/download-o-nome-da-rosa-dvdrip-avi-dublado/
Download por torrent
http://teutorrent.com/o-nome-da-rosa-dvdrip-1986-blu-ray-720p-download-torrent-

segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Assasin's Creed Syndicate, "Roubar dos ricos é considerado crime, mas roubar dos pobres é apenas Capitalismo".

É interessante perceber que a temática desta franquia de games milionária foca-se em personagens subversivos. Depois de colocar o jogador na pele de um pirata "anarquista", um nativo americano, , uma ex escrava, e revolucionários da Bastilha.  O mais recente jogo "Assasin's Creed Syndicate" se passará durante o período da revolução industria, e já pelo Trailer podemos perceber um viés critico na leitura deste período da história.

Fica aqui a dica para amantes de games e também para educadores interessados em discutir este período critico de nossa história.


quarta-feira, 24 de junho de 2015

Gênero, orientação sexual e sexo Biológico. entenda a diferença.

Educar é preciso. E de forma laica e livre. 

Mas afinal, porque não podemos dizer que o PT é comunista?

Ultimamente se tornou frequente postagens de textos e imagens que associam o governo do PT ao comunismo. Apesar deste tipo de associação mostrar-se errada e absurda por meio de qualquer estudo sociológico e histórico sério sobre a questão, pela repetição em massa das postagens por páginas e perfis da internet, e também por falas neste sentido de figuras com entrada na grande mídia a ideia torta se propaga.
Vivemos em um país onde o acesso ao conhecimento é precário, temos uma instituição escolar cheia de problemas que existe em paralelo a uma mídia extremamente alienadora empenhada a formar gerações e gerações de analfabetos funcionais. O ensino da disciplina sociologia, fundamental para entender os fenômenos sociais e os conceitos relacionados a estes se tornou obrigatório somente recentemente e frequentemente é atacado por governos que não querem a educação de sujeitos pensantes. Frente a isso a desinformação cresce.
Seja como for precisamos lutar para promover o conhecimento e desenvolver a autonomia e pensamento critico da sociedade. Vamos aqui tentar ajudar no que diz respeito a desconstruir esta ideia absurda que ronda a mídia empresarial e a internet.

Mas afinal, porque não podemos dizer que o PT é comunista?

O que é comunismo?
Para falar de comunismo é importante ter em mente o conceito de modo de produção:
Modo de produção é a forma de organização socioeconômica associada a uma determinada etapa de desenvolvimento das forças produtivas e das relações de produção. Na história existiram os modos de produçãoprimitivo, asiático, feudal, capitalista (no qual vivemos). Para além destes os críticos ao capitalismo teorizaram sobre a possibilidade de superar os problemas do modo de produção atual ( a desigualdade de riquezas, a exploração do homem pelo próprio homem, a opressão de classes e etc) através do socialismo e posteriormente ocomunismo
modo de produção comunista se caracterizaria por uma sociedade igualitáriasem classes sociais, sem Estado, sem opressão, baseada na propriedade comum e no controle coletivo dos meios de produçãoO socialismo seria uma fase intermediário entre o capitalismo e o comunismo.

O que seria um governo comunista?
Seria um governo socialista de ideologia comunista que implementaria  mudanças estruturais na sociedade para promover a mudança de modo de produção rumo ao comunismo. Ou seja, um governo que desse fim as classes sociais e a propriedade privada entregando o poder aos trabalhadores, para desta forma acabar com a exploração do homem pelo próprio homem e alcançar uma gestão social igualitária e coletiva.


O que é o PT?
O PT é um partido de massas de origem de esquerda que surgiu como um aglomerando de grupos de diversas orientações ideológicas. Ao longo do tempo as correntes mais moderadas (que defendem mudanças dentro do capitalismo e não o fim dele) ganharam força dentro do partido enquanto a maioria dos setores que defendiam o socialismo e o enfrentamento do capitalismo deixaram o partido (tal como o PSTU e o PSOL). 

O que é o governo do PT?
O governo do PT é uma coligação multi partidária realizada para possibilitar a eleição e governabilidade dentro do sistema político capitalista existente. Dentre os partidos que se somam ao PT no governo encontra-se partidos sociais democratas e também partidos de centro e de direita. Desde a chegada do PT ao governo em nenhum momento houve o rompimento com os fundamentos do modelo capitalista de sociedade. Pelo contrário a cada dia que passa o governo assume mais e mais uma postura de simples administrador do capital.

O PT seria aliado de outros países comunistas como China, Coreia do Norte, Cuba e Venezuela? 
Apesar dos aspectos sociais do regime cubano, dos avanços sociais na Venezuela e da insistência da vinculação midiática da ideia que Coreia e China são comunistas,  nenhum destes países pode ser considerado de fato comunista. Em todos estes países existe Estado, propriedade privada (mesmo que limitada), exploração de trabalho e etc.
O governo do PT não é comunista!
Quem defende a ideia do "regime comunista do PT" replica ideias sem fundamento por desconhecimento de princípios básicos de sociologia e história ou utiliza-se de má fé com objetivo político de desqualificar o governo e também a ideologia comunista. Tal discurso absurdo só consegue se propagar por conta dos problemas de acesso ao conhecimento no país e a uma campanha mau intencionada destinada a enganar as pessoas propositalmente.


Quem cria e porque criam esta confusão?
Setores da elite nacional representada pelo pensamento de direita criam estas ideias e tentam fazer com que as pessoas as entendam como grandes sacadas intelectuais para enfraquecer o governo e deturpar o significado do que é comunismo. O objetivo é enfraquecer o governo (que apesar de não ser comunista disputa dentro do capitalismo a administração do sistema com o PSDB) e sobretudo tentar desqualificar os discursos dos comunistas e todos aqueles que pregam a igualdade, justiça e poder realmente popular. 

terça-feira, 23 de junho de 2015

Pela melhoria das condições de trabalho dos professores de filosofia e Sociologia.


O sindicato dos educadores passa por um processo de educação. E enquanto educador e militante,fazendo minha parte na luta pela melhoria das condições de trabalho dos professores de filosofia.

sexta-feira, 19 de junho de 2015

Trabalho de Recuperação HFE 2° ano, 2° bimestre, 2015, Carmala Dutra

Sobre o tema sociedades antigas, responda:
1)O que significa estratificação social?
2) Como funcionava a estratificação social nas sociedades antigas?
3) de Que maneira esta a divisão social imposta por estas sociedade influenciava a educação?
Sobre educação difusa e comunidades tribais, responda:
4) Em relação a divisão social. O que diferenciava este tipo de sociedade e das sociedades antigas?
5) Se compararmos a organização social das sociedades antigas com a das comunidades tribais, que diferenças poderíamos perceber em relação ao "direito e acesso a educação entre  dois modelos de sociedade"?

Trabalho Filosofia 2° ano, 2° Bimestre, 2015, Adlai Stevenson

Resolver as questões apresentadas abaixo.
1) Tendo em mente os três princípios lógicos vistos em sala de aula (1 de identidade, 2 de não contradição, 3 de terceiro excluído) responda:

a) O que está errado com a imagem do cartaz postado acima? Que princípio lógico está sendo quebrado pelos autores do cartaz? Justifique.

b) O que está errado com a imagem postada acima? Quais lógico está sendo quebrado pelos autores da faixada? Justifique.
c) Que erro de principio lógico está cometendo uma pessoa que acredita no criacionismo e evolucionismo ao mesmo tempo? Sabendo que o criacionismo é a crença na criação dos homens por uma divindade e que a teoria evolucionista explica o surgimento do homem pelo evolução das espécie. Justifique.
d) O jogo de cara ou coroa é possível, pois ao jogar para o alto uma moeda o resultado pode variar dentre duas faces distintas da mesma. Não possibilitando outro resultado para além deles. Este jogo pode ser pensado como um exemplo de que principio lógico?

Trabalho HFE, 2° ano, 2° Bimestre, 2015, Carmela Dutra.


1)Segundo o vídeo apresentado acima, quais as principais diferenças entre a sociedade Ateniense e Espartana?

2) Segundo o vídeo apresentado acima sobre  o treinamento militar Espartano, como era a educação em Esparta?

3) Existe alguma similaridade entre o treinamento visto no filme do bope e o filme sobre educação em Esparta?

4) Depois de assistir o filme "O dia em que Dorival encarou a guarda" e o trecho do "filme Tropa de elite", responda:
a) De que maneira a educação domesticadora (ou seja a postura de não reflexão e obediência cega a ordens) pode ser negativa?

quinta-feira, 18 de junho de 2015

Trabalho Filosofia para o 2° ano, 2° bimestre, colégio Batistão, 2015.

Resolver as questões apresentadas abaixo.
1) Tendo em mente os três princípios lógicos vistos em sala de aula (1 de identidade, 2 de não contradição, 3 de terceiro excluído) responda:

a) O que está errado com a imagem do cartaz postado acima? Que princípio lógico está sendo quebrado pelos autores do cartaz? Justifique.

b) O que está errado com a imagem postada acima? Quais lógico está sendo quebrado pelos autores da faixada? Justifique.
c) Que erro de principio lógico está cometendo uma pessoa que acredita no criacionismo e evolucionismo ao mesmo tempo? Sabendo que o criacionismo é a crença na criação dos homens por uma divindade e que a teoria evolucionista explica o surgimento do homem pelo evolução das espécie. Justifique.
d) O jogo de cara ou coroa é possível, pois ao jogar para o alto uma moeda o resultado pode variar dentre duas faces distintas da mesma. Não possibilitando outro resultado para além deles. Este jogo pode ser pensado como um exemplo de que principio lógico?
2) Tendo em mente o que foi visto sobre falácias identifique o tipo de falácia apresentada por cada um dos argumentos colocados abaixo.  
a) Einstein, o maior gênio de todos os tempos, gostava de maçãs.Logo, as maçãs são o melhor alimento do mundo.
b) O que é a História? É a ciência que estuda factos históricos.
c) O nudismo é imoral, porque é uma ofensa evidente à moral pública.
d) Chama-se gigante a um homem de estatura elevada.
Eu conheço um homem baixo que se chama Gigante.
Logo, eu conheço um homem baixo de estatura elevada.
e) A afirmação de Joãozinho é falsa, pois ele é um sujeito mal-educado.
f) Nota-se uma maior frequência de erros de português em sala de aula desde o início das redes sociais e o uso do internetês. O advento das redes sociais vem degenerando o uso do português correto.
g) "É verdade! Meu vizinho me disse. Seu tio é médico homeopático com quatro diplomas universitários!"
h) "- Não dêem ouvidos ao que ele diz: ele é um beberrão e tem amantes."

segunda-feira, 8 de junho de 2015


O programa é uma realização do coletivo Linhas de Fuga em parceria com o CASARTI (Casa do Artista Independente). A proposta é discutir  temas sociais e culturais da atualidade dando voz ao aprofundamento teórico critico e também a experiência prática.
Neste episódio Vitor Fernandes (sociólogo, professor e militante) e Lucas Ferreira (Economista e Sindicalista) discutem o avanço da terceirização no país.

quinta-feira, 4 de junho de 2015

Trabalho 2° ano, 2° bimestre, 2015, Colégio Adlai Stevenson


Assistir o vídeo e responder as seguintes questões:

1) Qual era a relação estabelecida entre Cronos e Zeus segundo a mitologia?

2) Segundo o vídeo para que servia os mitos?

segunda-feira, 1 de junho de 2015

quinta-feira, 14 de maio de 2015

Trabalho HFE, Carmela Dutra, segundo ano 2° bimestre de 2015.

Assista os dois materiais áudio visuais apresentados abaixo e responda:


1) Quais as duas obras literárias apresentada como base da cultura da Grécia antiga?
2) O que significa afirmar que o que conhecemos como Grécia Clássica era na verdade uma série de cidades Estado em acordo cultural e político?
3) Cite duas das cidade Estados Gregas e algumas de suas características.
4) Qual era a relação estabelecida entre Cronos e Zeus segundo a mitologia?

sábado, 2 de maio de 2015

quarta-feira, 29 de abril de 2015

Ceticismo e Dogmatismo. Tralho Colégio Batistão.


Diz o argumento dos sonhos de Decartes:
“...Quantas vezes me ocorreu de sonhar, à noite, que eu estava neste lugar, que eu estava vestido, que eu estava perto do fogo, ainda que eu estivesse a inteiramente nu em meu leito? Parece-me bem agora que não é com olhos adormecidos que eu observo este papel, que esta cabeça que eu movo não está dormente, e que é com desígnio e propósito deliberado que eu estendo esta mão, e que a sinto. O que me ocorre no sonho não me parece absolutamente tão claro nem tão distinto quanto isso. Mas, pensando nisso cuidadosamente, eu me relembro de ter sido enganado, quando dormia, por semelhantes ilusões. E, detendo-me neste pensamento, eu vejo tão manifestamente que não há quaisquer indícios conclusivos, nem marcas suficientemente certas pelas quais eu possa distinguir nitidamente a vigília do sonho, que fico inteiramente pasmo; e minha estupefação é tanta que sou quase capaz de me persuadir que durmo...”
1) De que maneira poderíamos relacionar a animação da liga da justiça?


Sabendo que Dogmatismo é a crença irrefletida em saberes e conhecimentos entendidos como indubitáveis, responda:
2) Qual a relação entre a postura dogmática e a postura dos soldados no filme sobre o Dorival?

Obs: Entregar em folha de almaço ou digitado.

domingo, 26 de abril de 2015


Para pensar fundamentos teóricos de temas como inteligência de enxame, movimentos sociais horizontalizados e o poder das redes sociais.

sexta-feira, 10 de abril de 2015

Para refletir sobre UPP e segurança pública no RJ


Assista a 20 provas que mostram ao mundo como as comunidades veem a PM e as UPPs no Rio de Janeiro (VÍDEOS)


Fonte:
Clique no link para ver os vídeos: http://www.brasilpost.com.br/2015/04/07/violencia-pm-upp-rio_n_7016826.html

Há  mais ou menos 3 anos atrás participei de uma entrevista para um canal Espanhol junto a outros camaradas da filosofia para discutir o tema UPP. Abaixo o vídeo

sexta-feira, 27 de março de 2015

Trabalho para Turmas 1 ano, Filosofia, Carmela Dutra.

Sabendo que a Filosofia se dá através de um pensamento radical (que vai a raiz das questões) através de um processo de reflexão que desperta a postura crítica e questionadora das pessoas em direção a construção de alteridade e consciência cidadã, responda as questões apresentadas abaixo:


1) Como a imagem apresentada se relaciona com o vídeo sobre "Liberdade de Imprensa no Brasil durante a Ditadura Militar"?


2) Como a charge apresentada se relaciona com os vídeos ("as vítimas da ditadura" e Brazil, a report in torture") e o texto do site do El País "Aos que defendem a ditadura"  (acesse no link do texto: aqui)?

3) Sabendo que a disciplina filosofia e sociologia foram retiradas dos currículos dos colégios durante a época da ditadura, e também sobre o caráter autoritário deste regime, responda: a) Porque a ditadura militar era desfavorável ao ensino destas disciplinas? b) Que mensagem quer passar a charge de Latuff?

terça-feira, 17 de março de 2015

Trabalho 2° ano, primeiro bimestre, Colégio Batistão.

Vídeo 1

Vídeo 2


Imagens:
Os carros possuem o mesmo tamanho. Apesar de aparentarem tamanhos diferentes.


 O cubo é uma figura 2d
Os três frades são pinturas no chão.










Dependendo da forma que se olha podemos ver o boneco rodando em sentidos opostos.
 Todos os quadrados são da mesma cor.
As duas pessoa desenhada na imagem possuem o mesmo tamanho. Apesar  de aparentar que o desenho da figura acima é maior do que o de baixo.
 A figura do centro da tela parece estar em degrade. Mas se retiramos o fundo provamos que se trata de um paralelepípedo de uma só cor.


Tape com o dedo a divisão entre as partes da figura cinza. Não existe diferença de cor entra a parte de cima e a parte de baixo.








Questões:
1) Comente os vídeos postados explicando com suas palavras o porque "somos" enganados ao assisti-los.
2) Comente as imagens apresentadas, o dito popular de que "nem tudo que parece é" é verdadeiro?
3) Descreva pelo menos uma situação que tenha ocorrido com você, onde os seus sentidos (visão, audição, olfato, ou paladar) tenha levado você a se confundir sobre as coisas. 

segunda-feira, 16 de março de 2015

"A invasão da direita burra as redes sociais."

Repostando a matéria para retomar o debate sobre o fenômeno da utilização das redes sociais pela extrema direita que depois de alguns meses da publicação deste artigo, neste dia 15 de março levou milhares as ruas. Os jargões repetidos pelas redes viraram cartazes e faixas erguidas sem nenhum pudor pelos manifestantes. Dentre as perolas do conservadorismo se destacaram pedidos de intervenção militar, defesa de feminicídio, ataques ao pedagogo Paulo Freire e muitos elogios a Olavo de Carvalho, Bolsonaro e outras figuras ilustres da direita na net.

Todos aqueles que de alguma forma utilizam as redes sociais da internet já devem em algum momento ter se deparado com tópicos e comentários constantes e sistematizados de algum reacionário que pela quantidade de postagens parece destinar “30 horas” por dia a este tipo de atividade.
Esse fenômeno não é tão aleatório, tal como uma análise pouco atenta possa apontar. Com certeza existe o fator da espontaneidade. A internet deu voz a muitos que não possuíam, hoje como nunca são variadas as fontes de informações. No entanto, esta multiplicidade de fontes não garante por si só a qualidade da informação. Para além da abertura democrática que com certeza é um ganho existe também o lado negativo desta proliferação, muito espaço para conteúdo de má qualidade é aberto. Uma viva ao senso comum, preconceito, boataria e “desinformação” em geral.


Aproveitando desta brecha, sujeitos reacionários que nunca tiveram coragem de se expor politicamente publicamente (nas ruas, sindicatos, associações civis e etc), ganharam confiança e agora “gritam” para milhares de pessoas a verborragia que antes só era exposta em mesas de jantares da casa de sua família, junto ao taxista que está lhe prestando um serviço ou mesmo em frente da banca de jornal onde compram o Globo. A internet acabou de ampliar a voz destes reacionários de porão, que agora vem a luz do mundo por se sentirem seguros para desfilar seus preconceitos e opiniões mal formuladas virtualmente sem ter que encarar qualquer consequência. 



Para além deste fator existe também a sistematização. Sabendo do poder das mídias digitais, que é apontada como instrumento poderoso capaz de derrubar governos e até regimes.
Os mais diversos setores políticos investem recursos e energia nas redes sociais. Campanhas de blogs bancados pela CIA contra o regime cubano e notícias “fakes” virais contra o governo venezuelano são exemplos deste tipo de intervenção nas redes. 
Em nosso país, temos cada vez mais pessoas de empresas e governos infiltrados nas redes. E salta à vista a inserção de setores de extrema direita atuando desta forma. O sucesso de sua dispersão nos espaços virtuais com certeza conta com o fator do exotismo. As ideias lunáticas da extrema direita nacional de tão absurdas cria estardalhaço. Imagine você “um golpe comunista do PT em 2014 com apoio da China e Cuba comunista, apoiado pela grande imprensa gay”, com certeza a história parece efeito de lsd em algum romancista de quinta categoria. De tão ridículo fica difícil não comentar tal absurdo.
De certo tem um pé de verdade a afirmação que render tais alucinações é “bater palma pra maluco dançar”. Pois ao discutir com seriedade tais sandices acabamos dando visibilidade a postagens e comentários que defendem este tipo de coisa. No entanto, ignorar tais propagandas idiotas sem contra argumentar também é um caminho perigoso. 



Mesmo que os discursos sejam bizarros, não devemos duvidar da capacidade deles funcionarem. Pois a adesão as ideias pela maior parte das pessoas se dão sobretudo pelo emocional. Autores como William Reich já discutiam como o discurso emocional pode funcionar nas massas. A máxima da propaganda nazista de Goebbels de que “uma mentira repetida mil vezes torna-se verdade” deve ser levada em consideração. O discurso de fácil assimilação e potente conteúdo emocional “cola” mais do que extensos debates de alto grau de fundamentação conceitual.
Até a biologia joga contra agente neste sentido, segundo a neurociência é tendência do cérebro economizar energia, e o pensamento complexo gasta mais energia do que o superficial.
Não devemos de forma alguma subestimar o estrago político social que a verborragia da extrema direita pode causar. O reino da opinião e preconceito é reforçado diariamente a décadas pela grande mídia. Também há décadas os espaços institucionais de formação destinam-se a formar analfabetos funcionais.
Para ser eficaz revistas semanais como a Veja e “pensadores” como Olavo de Carvalho não precisam estar certos, fundamentados. Mais sim massificar ao máximo no contexto certo. A ação de nerds de direita, surtados pseudo esclarecidos e grupos organizados de extrema direita em um terreno fértil para suas ideias graças a setores ressentidos da sociedade, da elite e da classe média parece andar de vento e poupa.
Soma-se o suporte dos mais variados programas da grande mídia (jornais de apologia a repressão policial, programas de comédia preconceituosos, e pseudo conteúdo critico de jornalistas comentadores), a grandes blogs e sites de direita na internet, que “curiosamente” são muitas vezes bancados por instituições e organizações internacionais para criar “informação” que logo será replicada em postagens, memes e comentários por páginas e perfis de grupos e indivíduos da direita militante, assim como, fakes destes perfis.
Frente a tal fenômeno, cabe a nós da melhor forma possível contrapor este grande mecanismo “endireitador”. Precisamos revelar o que se esconde por trás desta, aparentemente banal, invasão da extrema direita às redes socias. A engenhosidade e seu perigo. Muita coisa está em jogo para não estarmos atentos.


Fascistas NÃO PASSARÃO! 
(Diego Felipe)

Para além do senso comum direitista. Viva Paulo Freire!



Para você que deseja superar o senso comum da extrema direita nacional fica aqui a dica. Acervo digital disponibiliza toda a obra de Paulo Freire. Estão disponíveis para download gratuito vídeos de aulas, conferências, palestras, entrevistas, artigos e livros do educador.

 Baixar aqui





quarta-feira, 11 de março de 2015

450 anos de Rio de Janeiro: Vídeos para pensar a cidade e os povos indígenas que habitavam esta terra desde antes da chegada dos colonizadores.

Abaixo uma sugestão de filmes para refletir sobre os povos indígenas que habitavam a cidade a muito antes do estabelecimento dos colonizadores português por estas terras.

Para compor o imaginário da vida indígena.
O filme Uma história de amor e fúria apresenta a cidade do RJ em vários períodos históricos, começando pelo conflito entre portugueses e índios que marcou a fundação da cidade. Uma bela animação, apresentando a história de ficção do ponto de vista de um índio é uma ferramente interessante para introduzir o debate. Peca por alguns problemas de narrativa histórica e pelo exotismo da retratação em muitos pedaços da obra. Mas vale a pena assistir.



Para falar da relação da cidade com os povos originários o vídeo "De Cabral a Cabral" também pode servir como uma ótima ferramenta. Vídeo memória sobre a desocupação violenta da aldeia maracanã pelo governo do Estado do Rio de Janeiro. Com imagens do jornal nova democracia, do cartunista Latuff e do coletivo C4.



A "Série juro que vi" apresenta em animação várias lenas da cultura popular brasileira. dentre elas várias crenças indígenas.


Também fica a dica da reportagem sobre rituais indígenas onde os indíos sateré-mawé realizam o ritual da tucandeira no 'Encontro dos Guerreiros'Durante quatro dias, um grupo novo de meninos participará do ritual, que consiste em colocar as mãos em uma luva com aproximadamente 100 formigas tucandeiras. A picada da formiga, considerada extremamente dolorosa, representa o ingresso do menino na vida adulta. Ao longo da vida, são necessárias no mínimo 19 sessões da picada.

Por fim em uma animação bem mais simples, mas bem mais precisa historicamente fica a dica sobre o vídeo sobre a confederação Tamaio. 
Em breve mais alguns filmes para engrossar a discussão.


segunda-feira, 9 de março de 2015

Parabéns para quem luta.


No dia 8 de março, data onde se comemora o dia internacional da mulher, estudantes normalistas da rede estadual do RJ foram a orla de Copacabana protestar contra o assédio e machismo. O protesto foi motivado por um ocorrido no dia 3 de março, onde uma estudante que transitava em um ônibus público foi molestada por um homem. Devido a intervenção do pai da estudante que alcançou a condução depois de conversar com a filha por mensagem de celular, o sujeito foi detido e levado a delegacia por forças policiais.