sexta-feira, 1 de janeiro de 2021

Vídeos para pensar criticamente Cuba.

Cuba é um país com uma história incrível de lutas e resistências. Hoje, bem depois do fim da guerra fria e da morte do líder revolucionário Fidel Castro que ficou no poder por décadas a ilha vive um momento peculiar. Abertura, burocracia, heranças sociais e a revolução tecnológica do século XXI fazem uma nova "isla bonita" emergir . Trazemos aqui dois documentários produzidos pelo canal Linhas de fuga na ilha para ajudar no que diz respeito a pensar criticamente Cuba em toda sua complexibilidade. Para além de reducionismos e romantismos de direita ou esquerda.

 "Cub@" é um documentário que discute as implicações da inserção da tecnologia da internet nesta ilha caribenha. Explorando o debate sobre as relações do uso da tecnologia e suas consequências sociais. O filme foi realizado a partir de imagens e entrevistas colhidas nos anos de 2015 e 2017 em Havana. Uma produção da mídia independente "Linhas de Fuga" e NEXT. Agradecimentos: Letícia Bortolon Nilton Bahlis dos Santos Carolina Almeida Subúrbio em Transe Observatório crítico Cubano

 

  

O documentário consiste em uma longa entrevista com integrantes do "Observatório Crítico" de Cuba, grupo de cunho anarquista com um olhar peculiar sobre a realidade política e social deste país. A entrevista realizada em meados de 2015 retrata um momento especial da ilha: o processo de abertura com os Estados Unidos e também mudanças políticas culturais, tais como a disseminação da internet e o avançar da economia mista. Neste primeiro bloco os entrevistados discutem o atual momento político de Cuba: a relação com os Estados unidos, direitos civis, militância politica. O projeto "Mundo Periférico" é uma iniciativa independente, e por conta disso enfrentamos alguns desafios de produção. Contamos com a colaboração dos interessados para poder ampliar ainda mais o alcance de nosso vídeo, por isso estamos solicitando a ajuda n oque diz respeito a "legendagem" e "tradução" do material. Acreditamos que a força coletiva possa superar os obstáculos financeiros no que diz respeito a produção e divulgação de material independente na internet.


Nenhum comentário: