segunda-feira, 18 de março de 2019

Momo, Baleia Azul e outros Hoax. As mentiras que podem se tornar perigo real.

O que existe em comum entre o atual viral dos perigos da Momo, o antigo boato do desafio da Baleia Azul e aquelas mensagens sobre o kit gay que foram distribuídos nas escolas? Todos são Hoax. Ou seja mensagens alarmistas com conteúdo falso distribuídos de diversas maneiras pela internet. Seja por e-mails, comunicadores instantâneos como o WhatsApp, sites ou pelas redes sociais tal como o Facebook. Existem muitas motivos por trás deste tipo de "campanha de desinformação": brincadeira, golpes e até manipulação política.

Em uma sociedade dominada pelos meios digitais, as pessoas ainda possuem muita dificuldade para lidar com a informação. Dificilmente existe a preocupação em buscar as fontes e problematizar as histórias que são difundidas na rede. O resultado muitas vezes é o pânico generalizado que sempre é um risco.

Para piorar os Hoax que viralizam acabam desencadeando um efeito para sua legitimação. Devido aos números de citações na rede os materiais relacionados aos boatos cada vez ficam mais disponíveis na internet, e muitas vezes o que não passava de relatos fictício começam a representar algum risco real. O caso do viral do desafio da baleia azul começou como uma história falsa viralizada, e por conta da escala de divulgação do boato veio a motivar pessoas a brincadeiras perigosas inspiradas na história.  Com o novo boato da Momo parece estar acontecendo fenômeno parecido. Um boato sobre "invasão" de hackers em vídeos do youtuber kids (o que é tecnicamente improvável) começa a render muito material produzido para render o boato, incluindo brincadeiras de vídeos editados postados nas redes sociais e canais na plataforma de vídeo.

Tenha controle do que as crianças acessam nas redes sociais, isso sempre é importante. Mas cuidado para não fazer coro a hoax. Sempre pesquise sobre as histórias que aparecem nas redes sociais, sempre questione!

Nenhum comentário: